Ao longo dos anos tenho tido a sorte de traduzir obras de grandes autores e de diversas áreas. Aqui fica uma amostra.

Ficção:
Pequenas Cadeiras Vermelhas, de Edna O’Brien
Um Homem de Sorte, de Jamel Brinkley
Manual para Mulheres de Limpeza, de Lucia Berlin
Uma Coisa Absolutamente Incrível, de Hank Green
Cheio de Vida, de John Fante
O Meu Nome é Lucy Barton, de Elizabeth Strout
A Elizabeth Desapareceu, de Emma Healey
Contos de Oscar Wilde, Jack London, Saki e H. P. Lovecraft

Não-ficção:
Suspense ou a Arte da Ficção, de Patricia Highsmith
21 Lições para o Século XXI, de Yuval Noah Harari
Coração: Uma História, de Sandeep Jauhar
Filosofia da Arte, de Noël Carroll
Oceanos de Vinho – O Vinho da Madeira e a Organização do Mundo Atlântico, 1640-1815, de David Hancock
Mães Arrependidas, de Orna Donath
Diário de Guantánamo, de Mohamedou Ould Slahi
A Guerra das Moedas – Como se está a construir a próxima crise mundial, de James Rickards